José Affonso Reis, sócio-diretor da Neotech Soluções Ambientais, dá dicas de quais medidas adotar para a gestão dos resíduos e a fabricação de produtos em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Por Fernanda Chiossi.

Um dos principais problemas ambientais do mundo moderno é a quantidade de resíduos gerados pela população e pelas indústrias, além da falta de reaproveitamento desses rejeitos. Dados divulgados pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) apontam que a quantidade vem crescendo ano após ano. Para se ter ideia do volume de lixo produzido no Brasil, em 2017, foram 78,4 milhões de toneladas, número 1% maior do que o gerado em 2016.

Diversas iniciativas têm sido implantadas pelas indústrias para reduzir esse volume, como, por exemplo, a adoção de embalagens econômicas e retornáveis. Segundo José Affonso Reis, sócio-diretor da Neotech Soluções Ambientais – empresa especializada na destinação de resíduos sólidos e líquidos industriais perigosos –, a melhor estratégia para melhorar esse quadro é a adoção de um planejamento ambiental: “Nos dias atuais, fabricar produtos em conformidade com as leis ambientais gera excelente reputação e garante certificações oficiais às organizações, que ganham em competitividade e agregam valor à sua marca”.

Para auxiliar os empresários a adotar práticas eficazes com o objetivo de dar a destinação correta dos resíduos, o executivo enumera algumas dicas. A primeira é fazer um levantamento dos rejeitos gerados pela companhia e separá-los em resíduos sólidos e resíduos líquidos (base água/ base solvente), dentre outros.

O segundo passo é fazer um inventário dos tipos de lixos gerados. “Esse diagnóstico é essencial porque, em média, 70% (precisamos saber qual é a fonte desta informação) dos resíduos industriais são tidos como perigosos e, se não forem descartados corretamente, podem contaminar o ar, solo, rios e nascentes e, por consequência, causarem riscos à saúde das pessoas”, pontua Reis.

Uma vez feito esse levantamento, o terceiro passo é implantar um plano de gerenciamento, alinhado às normas da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS – Lei nº 12.305/2010), que englobam a geração; acondicionamento; armazenagem; transporte; tratamento; reciclagem e destinação correta dos resíduos. O objetivo é gerar menos resíduos e reciclar o máximo, transformando novamente em matéria-prima para ser reintroduzido no ciclo de produção.

No ano passado, aproximadamente 6,9 milhões de toneladas de resíduos tiveram destino impróprio, de acordo com a Abrelpe. O executivo da Neotech ressalta que ser negligente quanto aos critérios estabelecidos por lei para o gerenciamento dos rejeitos pode virar crime ambiental, gerando multas e prejudicando a imagem da organização. Daí a importância de ter como parceira uma empresa especializada.

A responsabilidade solidária ou compartilhada do lixo não é apenas dos empresários. A lei 12.305/10 estabelece que todos são responsáveis pela destinação correta dos produtos, por terem sido proprietários deles uma vez, seja ao adquiri-los como insumos, matérias-primas ou bens de consumo.

Além disso, a responsabilidade com os resíduos deve englobar todos os setores de uma empresa, mesmo os colaboradores que não atuam diretamente nos processos produtivos. Práticas eficientes que podem e devem ser adotadas pelas organizações são a coleta seletiva, a reciclagem e a implantação de uma produção industrial ecoeficiente. “É produzir mais com menos insumo, como, matéria prima, água e energia elétrica, menos poluição e menos resíduos tóxicos e não biodegradáveis”, pontua Reis.

Sobre a Neotech

neotech logoEspecializada na gestão integrada de resíduos químicos e agroquímicos para a indústria, a Neotech Soluções Ambientais atua em todo território nacional. Com início de sua operação em 7 de fevereiro de 2018, a empresa emprega mais de 40 pessoas entre colaboradores diretos e indiretos em seu amplo complexo industrial em Uberaba (MG), com 35 mil m², além de escritório em Ribeirão Preto (SP). Única no país com planta multitecnológica, ou seja, a busca para a tecnologia mais eficiente na correta destinação, a Neotech está entre as quatro maiores empresas do segmento e, em suas operações, prioriza a sustentabilidade, a segurança e transparência em seus serviços. 

Informações à imprensa

ComTexto Comunicação Integrada

Fernanda Chiossi – fernandachiossi@ctexto.com.br

Tel.: (16) 3324-5300/ 99766-2771